sábado, 22 de novembro de 2014

Defensoria procura prédio para instalar nova sede em Paragominas

O antigo prédio da Defensoria Pública em Paragominas já não oferece condições de atendimento


Dos dias 25 a 27 deste mês, O defensor público geral do Estado, Luís Carlos de Aguiar Portela, e o diretor de Interior da Defensoria, defensor público Daniel Lobo, estarão no Núcleo Regional do Rio Capim, em Paragominas, de 25 a 27 deste mês. Na cidade eles devem procurar e avaliar imóveis que ofereçam melhores e mais modernas condições de trabalho para os defensores e servidores, além de um maior conforto no atendimento aos assistidos, para que ali seja instalada nova sede do órgão. O prédio atual já não permite ser adaptado aos padrões necessários, que exigem espaços para salas de reuniões amplas, gabinetes individualizados e ambientes adaptados aos portadores de necessidades especiais. (Com informações da Ag. Pará)

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Hospital Regional em Paragominas realizou quase 150 cirurgias em três meses

O atendimento especializado disponibilizado pela equipe multiprofissional do Hospital Regional Público do Leste (HRPL), em Paragominas, no nordeste paraense, salvou a vida do paciente Manoel Franco da Silva, 41 anos, solteiro, proveniente do município de Ipixuna do Pará, ao dar entrada no hospital, pelo atendimento do SAMU que encaminhou a vítima de ferimento de arma branca para o hospital regional.em caráter emergencial.

Estado grave, ele passou por uma cirurgia de emergência,  exploratória abdominal, sendo realizada nefrectomia esquerda (retirada do rim), devido o trauma lesionar em um dos rins. Passado a gravidade, Manoel Franco, comemora o resultado final do atendimento e acredita que não sobreviveria se não houvesse o HRPL com toda a estrutura de assistência de média e alta complexidade, equipamento de última geração e profissionais altamente capacitados.

Agradecido, ele  não vê a hora de voltar ao convívio de sua família, em Ipixuna que faz parte do 5° Centro Regional de Saúde (5° CRS), além de Paragominas, Aurora do Pará, Capitão Poço, Dom Elizeu, Garrafão do Norte, Irituia, Mãe do Rio, Nova Esperança do Piriá, São Miguel do Guamá, Santa Maria e Ulianópolis.

 Manoel Franco foi um dos 145 pacientes que passaram por procedimento de cirurgias no HRPL entre agosto e outubro deste ano. Outros dados revelam a importância e a dimensão do atendimento médico do HRPL naquela região: foram 259 internações na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), que possui 20 dos 80 leitos do hospital; 217 internações de várias especialidades e 641 atendimentos no ambulatório e setor de Pronto Atendimento. Mas, para garantir a qualidade no atendimento, foram realizados 127 cursos aos colaboradores do hospital, nesse período também.

Para o diretor de Enfermagem, Clovis Guse, o HRPL pratica uma gestão que promove o cuidado humanizado aos pacientes, visando atender todas as necessidades. “Atendemos os usuários como seres biopsicossociais e não apenas como portador de uma doença. Oferecemos ainda acompanhamento psicológico, assistência social, serviço médico e de enfermagem especializado, serviço de nutrição e dietética, além da assistência segura livre de infecção hospitalar”, pontuou o enfermeiro.

Mas, ele observa que para obter acesso ao atendimento do HRPL, inicialmente o usuário tem que ser habitante  de um dos municípios pactuados do 5° CRS, passar por avaliação da central de regulação do município e/ ou ser encaminhado pelo Hospital Regional ou encaminhado pelo SAMU. “Mas outras situações podem ser analisadas para atendimento”, disse Clovis, lembrando, no entanto, que o HRPL não é um hospital de abertas. O atendimento oferecido é de média e alta complexidade.

Com a responsabilidade de garantir atendimento para cerca de 500 mil pessoas de 11 municípios da região do Capim, o HRPL dispõe de 80 leitos em Unidade de Terapia Intensiva (UTI), Urgência/Emergência, com uma estrutura para atendimento em clínica médica, cardiologia, clínica cirúrgica, endocrinologia, mastologia, neurocirurgia/neurologia, anestesiologista, ginecologia, urologia/oncologia e traumatologia/ortopedia. Todos esses serviços têm suporte de apoio diagnóstico e terapêutico com análises clínicas, raios-x, tomografia, , ultrassonografia, holter, eletroencefalograma, eletrocardiograma, ecocardiograma e Mapa.

Serviço:?O HRPL fica na rua Adelaide Bernardes S/N, bairro Nova Conquista, em Paragominas. Mais informações pelos fones: (91) 3739-1046, 3739-1253 e 3739-1102.

Defensores Públicos realizam mutirão em Paragominas

IMG-20141114-WA0012
Na semana passada, a Defensora Eliana Magno, juntamente com o Dr. Alan Damasceno, realizaram em Paragominas, um mutirão, onde foram analisados cerca de 300 processos criminais. A programação ainda contou com o apoio do Coordenador da Regional, Dr. Diogo Eluan.

Para a Defensora Eliana, o trabalho realizado foi importante para a população local. “Esse mutirão foi de grande importância, pois visa colocar em ordem os processos existentes na vara de execução penal de Paragominas, atendendo a população com mais presteza e celeridade”, destacou.
“Esse mutirão foi realizado com um grande esforço da Dr. Eliana Magno que mesmo cumulando todos os procedimentos criminais sozinha de toda Paragominas, se dedicou de sobremaneira trabalhando até altas horas juntamente como o Dr. Alan Damasceno, na tentativa da melhor maneira solucionar todos os processos existentes”, avaliou do Coordenador da Regional, Dr. Diogo Eluan.
IMG-20141114-WA0011
Para a presidente da ADPEP “este trabalho realizado pelos defensores, representa o esforço, na tentativa de suprir a ausência de Defensores Públicos suficientes para atender a demanda, portanto, só temos a parabenizar a iniciativa e com certeza quem ganha é a população”.

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Polícias Civil e Militar capturam foragido de Justiça do Estado do Acre em Ananindeua


As Polícias Civil e Militar prenderam, nesta segunda-feira, 10, em Ananindeua, na Grande Belém, em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pela Justiça do Estado do Acre, Marcelo Cosmo de Oliveira, de 31 anos. Ele é condenado à pena de 13 anos de reclusão pelo crime de tentativa de latrocínio - roubo seguido de tentativa de homicídio.
Marcelo foi localizado, pela equipe comandada pelo delegado Jacob Cunha, com o apoio da guarnição do cabo PM Jairo. Uma denúncia feita por meio do Disque-Denúncia levou a equipe policial até o paradeiro do foragido, no conjunto residencial Roraima-Amapá, situado no bairro do Curuçambá, em Ananindeua. Ali, Marcelo Oliveira foi localizado. “Ele estava com mandado de prisão em aberto decretado pela Justiça do Estado do Acre.
A pena de 13 anos de prisão foi iniciada em 2003, mas Marcelo fugiu do Acre, em 2007, e veio para Belém”, detalha o delegado. Em 14 de janeiro deste ano, foi expedido novo mandado de prisão contra ele pela Justiça do Pará. Agora o preso vai ser encaminhado ao Sistema Penitenciário, onde deverá aguardar manifestação do Poder Judiciário.

Pará terá seleções para policiais e bombeiros

Pará terá seleções para policiais e bombeiros (Foto: Arte/DOL)
(Foto: Arte/DOL)















As polícias civil, militar e o Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Pará irão oferecer mais de 3 mil vagas para os níveis médio e superior. Os editais de licitação que irão definir as empresas organizadoras dos concursos deverão ser publicados em breve.
Polícia Civil - A seleção terá a oferta de 650 vagas, das quais 150 para delegados, 300 para investigador, 180 para escrivão e 20 para papiloscopista. Para este certame, as remunerações vão de R$ 4.185 a R$ 10.062,50.
Corpo de Bombeiros Militar - o número de vagas ofertadas será de 235, das quais 200 para soldado e 35 para oficiais. As remunerações vão de R$ 2.461,60 (para soldados) a R$ 5.489,43 (oficiais).
Polícia Militar - A coorporação abriu processo de licitação para escolha da organizadora de concurso, o qual irá ofertar 2.194 vagas de níveis médio e superior. A empresa escolhida deverá ser anunciada no final mdo mês de novembro e a expectativa é que o edital saia ainda este ano.
As 2.194 oportunidades serão divididas nos seguintes cargos: 2.000 soldados, 160 oficiais militares, 26 oficiais de saúde e 8 vagas para o quadro complementar.
As remunerações para soldado são de R$2.461,60 e para oficiais de R$5.489,43.
Último concurso
O certame disponibilizou 2.180 vagas em 2012, as provas aconteceram em quatro etapas: avaliação de conhecimentos, avaliação de saúde, aptidão física e avaliação psicológica.
A prova objetiva teve 60 questões distribuídas nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, História e Geografia. Para avançar para a segunda etapa, era necessário acertar metade da prova.
(DOL com informações dos sites Folha Dirigida e AprovaConcursos)

terça-feira, 11 de novembro de 2014

Polícia Civil prende acusado de tentativa de homicídio em Concórdia do Pará

 A Polícia Civil de Concórdia do Pará, nordeste do Estado, prendeu na última quinta-feira, dia 6, Paulo Almeida, acusado de tentativa de homicídio após disparar contra uma criança de 1 ano e 4 meses, na comunidade Nova Esperança, zona rural do município. Ele foi preso em sua residência que fica a cerca de 2 km da casa da vítima, em um local de difícil acesso.
A prisão foi efetuada pelo delegado Jean Sergio Alves, investigadores Aderito e Oscar e escrivão Ney. O acusado está preso à disposição da justiça.

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs