sexta-feira, 24 de outubro de 2014

Estado inicia pagamento dos salários de outubro nesta segunda-feira

O Governo do Estado inicia, nesta segunda-feira, 27, o pagamento dos servidores públicos da administração direta e indireta referente ao mês de outubro de 2014. Segundo o cronograma divulgado pela Secretaria de Estado de Administração (Sead), os inativos militares e pensionistas civis e militares serão os primeiros a receber. O pagamento será encerrado no próximo dia 31, com os servidores da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), da capital e do interior. Abaixo, o calendário de pagamento:
 
Dia 27/10  (segunda-feira) - Inativos militares e pensionistas civis e militares; 
 
Dia 28/10 (terça-feira) – Inativos civis e pensões; especiais/Sead.
 
Dia 29/10 (quarta-feira) - Auditoria, Casa Civil, Casa Militar, Consultoria Geral, Defensoria Pública, Gabinete da vice-governadoria, Procuradoria Geral, NAF, Secretarias Especiais, Sepaq, Secti, Sead, Sefa, Sepof, Sagri, Sema, Secult, Sedurb, Seel, Seicom, Sejudh, Seop, Sespa, Seter, Seas, Setran, Secom e Setur.
 
Dia 30/10 (quinta-feira) - Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Polícia Militar, Segup, Adepará, Arcon, Asipag, CDI, Ceasa, Cohab, CPC Renato Chaves, Detran, EGPA, Emater, FCG, Fundação Tancredo Neves, FCV, Fasepa, Funtelpa, Fapespa, Hospital de Clínicas, Hospital Ophir Loyola, Hemopa, IAP, Imetropará, Iasep, Igeprev, Imprensa Oficial, Iterpa, Jucepa, Paratur, Prodepa, Santa Casa, Susipe, Uepa, Ideflor, Idesp, Loterpa, CPH e NGTM.
 
Dia 31/10 (sexta-feira) – Seduc capital e interior
 
Ascom/Sead 

Polícias Civil e Militar irão atuar na fiscalização da "Lei Seca" no domingo

 A Polícia Civil do Pará baixou a portaria número 158, já publicada no Diário Oficial do Estado, que proíbe a venda e fornecimento, ainda que gratuitamente, de bebidas alcoólicas, em todo o Pará, no próximo domingo, dia 26, por conta do pleito eleitoral do segundo turno. A determinação conhecida popularmente como "lei seca" visa evitar acontecimentos que possam acarretar transtornos à ordem pública decorrentes do consumo de álcool e a garantia de que todos os eleitores possam exercer o direito democrático do voto. No segundo turno das eleições, a determinação irá vigorar de 3 horas da manhã até às 18 horas deste domingo.
Conforme o delegado Silvio Maués, diretor de Polícia Metropolitana, houve uma reavaliação sobre os horários de comércio de bebidas alcoólicas, nos estabelecimentos comerciais, que possibilitou a alteração do horário de início de vigor da portaria, de meia-noite para as 3 horas da manhã. O mesmo horário será aplicado para a liberação de licenças de festas pela Divisão de Polícia Administrativa (DPA), que estará proibida de fornecer as autorizações para eventos no período de vigência da portaria no domingo. Assinada pelo delegado-geral da Polícia Civil, Rilmar Firmino, a portaria 158 veda a venda de bebidas alcoólicas por meio de estabelecimentos comerciais, entre os quais bares, restaurantes, lanchonetes e boates.
A fiscalização do cumprimento da portaria caberá às Polícias Civil e Militar, que estarão circulando pelas ruas dos bairros, neste próximo domingo, para observar o cumprimento da portaria. Quem for flagrado desrespeitando a determinação estará sujeito às sanções civis, administrativas e penais cabíveis ao tipo de infração, podendo o responsável pelo comércio ser conduzido à Delegacia mais próxima para responder por crime de desobediência e ainda ter o estabelecimento fechado com o risco de cassação de licença de funcionamento em caso de reincidência.
Ainda, no domingo, detalha o delegado, todas as Delegacias e Seccionais da capital, Região Metropolitana e interior do Estado estarão com funcionamento normal, para atender a possível demanda de ocorrências do dia. Os casos de crimes eleitorais que forem flagrados, como boca de urna e compra de votos, por exemplo, serão encaminhados à Polícia Federal para procedimento. Nas cidades onde não houver a Polícia Federal, a Polícia Civil poderá realizar o procedimento policial por crime eleitoral em apoio à Justiça Eleitoral. O delegado salienta que a Polícia Civil vai atender a determinação do Tribunal Regional Eleitoral que proibiu a distribuição dos chamados “santinhos”, como forma de evitar crimes eleitorais e até coibir sujeira nas ruas.

Campanha do Outubro Rosa do HRPL leva centenas de pessoas à Praça da Matriz

O primeiro dia campanha externa referente ao Outubro Rosa, realizado na tarde de ontem (23) pelo Hospital Regional Público do Leste, em Paragominas, nordeste do estado, atraiu centenas de pessoas no estande que o hospital montou na Praça Matriz da cidade, com objetivo de conscientizar a população da região do Capim, composta por 11 municípios, sobre a importância do diagnóstico precoce na prevenção do câncer de mama, que tem provocado a morte de cerca de 30 mulheres diariamente, no Brasil. A ação se estenderá até hoje (24), no mesmo local, de 16h às 21h.

Segundo o diretor Executivo do HRP, Adriano de Lima, a mobilização teve significativo resultado de 203 atendimentos de exames de glicemia e verificação de Pressão Arterial (PA). A ação, contou com a participação de profissionais do hospital e com a parceria da Prefeitura Municipal. “A movimentação foi considerada excelente. Nossos profissionais repassaram informações sobre o assunto. Distribuímos mais de 500 folders educativos. A recepção das pessoas foi acima do esperado. Ficamos muito satisfeitos com o resultado”, comentou.

Durante a verificação de glicemia ou de PA, os casos de alteração nos resultados, os enfermeiros do hospital, que faziam parte da equipe, orientavam a procura por atendimento na assistência básica do município. Mas, felizmente, de acordo com Adriano de Lima, não houve nenhum registro de casos grave. “Nossa missão é alertar a população que a prevenção ainda é o melhor remédio, especialmente, quando se trata de câncer de mama”, observou.

Não tivemos nenhum caso grave  que fosse necessário orientar ou intervir para outro tipo de encaminhamento.

O diretor do hospital agradeceu não apenas a participação da sociedade no primeiro dia da campanha, como também a importante parceria entre o HRPL e a administração municipal. “Ninguém trabalha sozinho. Temos um objetivo em comum: a melhoria contínua da saúde pública da região”.

Com atendimento de média e alta complexidade, o HRPL oferece atendimento nas mais diversas especialidades e têm à disposição 80 leitos de internação, Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e unidades de urgência e emergência. O hospital conta ainda com uma estrutura de atendimento hospitalar com clínica médica, cardiologia, clínica cirúrgica, endocrinologia, mastologia, ginecologia, urologia, oncologia, traumatologia, ortopedia, neurocirurgia e neurologia.

Serviço: O HRPL fica na Rua Adelaide Bernardes, s/n, bairro Nova Conquista, em Paragominas. Mais informações pelos telefones (91) 3739-1046, 3739-1253 e 3739-1102.

Brasileiro troca futebol por musculação

Pesquisa inédita do Ministério da Saúde mostra que a prática de exercício em academias foi a que mais cresceu no país, inclusive entre os homens, deixando para trás a paixão nacional
O brasileiro tem se exercitado mais. Pesquisa do Ministério da Saúde aponta que hoje 33,8% da população pratica atividade física regularmente, um crescimento de 12,6% nos últimos cinco anos. Os dados inéditos, do estudo Vigitel 2013, indicam uma mudança no comportamento da população adulta, que está mais atenta às mensagens de promoção à saúde e preocupada em adotar estilo de vida mais saudável.


Na busca por atividades físicas, a musculação tem ganhado cada vez mais adeptos no Brasil, enquanto o futebol reduz a participação na rotina da população. O percentual de entrevistados que disseram praticar musculação cresceu 50% entre 2006 e 2013, enquanto o índice dos que jogam bola caiu 28% no período. Segundo a pesquisa, 18,97% dos adultos hoje optam pelas academias, contra 14,87% que dizem praticar futebol.


Entre os homens, o futebol continua sendo o esporte preferido. Na hora de se exercitar, 26,75% da população masculina recorre à paixão nacional. Mas, mesmo nesse grupo, o índice caiu: oito anos atrás, mais de 35% diziam jogar bola regularmente. Em segundo lugar, esse público realiza mais caminhadas, seguido da musculação.


Apesar das mudanças no perfil da atividade física da população, com a crescente participação da musculação, a pesquisa mostrou que a caminhada permanece como o exercício mais frequente entre os brasileiros. Do total de entrevistados que pratica alguma atividade física, 33,79% disseram fazer caminhadas. Em 2006, o índice era 10% maior. O público feminino é o mais fiel nesse exercício, com 43,98% de adeptas, seguida pela musculação e pela ginástica.
Para a diretora de Vigilância e Promoção da Saúde do Ministério da Saúde, Deborah Malta, o crescimento da prática da musculação demonstra maior interesse da população brasileira em ter melhor qualidade de vida e mais saúde. “A caminhada, geralmente, é muito popular junto ao publico feminino, e a primeira atividade física que a população escolhe para começar a se exercitar. Já o futebol é preferido pelos homens, mais jovens, e está muito arraigado na cultura do país. Não raro, amigos se encontram para jogar uma partida de futebol no fim de semana. Já a musculação, é uma atividade contratual, em que é necessário se matricular, buscar um estabelecimento e passa a ser um compromisso agendado na semana”, frisou.


O estudo Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel), realizado em parceria com o Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo (NUPENS/USP), ouviu 53 mil pessoas nas 26 capitais e no Distrito Federal.


IMPACTO NA SÁUDE – Deborah ressalta que para sair da estatística de sedentarismo não precisa praticar esporte com intensidade vigorosa, basta reservar um tempo e movimentar o corpo. Pequenas atitudes podem fazer a diferença no cotidiano, como estacionar o carro um pouco distante do local a que se destina e finalizar o trajeto a pé, caminhar a pé até ao trabalho, subir pequenos lances de escada ao invés de utilizar o elevador, brincar com os filhos, dançar, andar de bicicleta, passear com o cachorro e outras atividades que possam dar alegria e prazer. “Muitos problemas de saúde dos brasileiros poderiam ser prevenidos com ações simples, como uma caminhada de 30 minutos”, destaca.


A Organização Mundial de Saúde estima que pessoas sedentárias têm entre 20% e 30% de aumento do risco de  mortalidade, em especial por doenças crônicas. A Atividade física regular reduz o risco de doença cardiovasculares, como hipertensão, diabetes, câncer de mama e de cólon, além de depressão.


Pelas considerações da OMS, entende-se atividade física suficiente no tempo livre a prática de, pelo menos, 150 minutos semanais de atividade física de intensidade leve ou moderada ou de, pelo menos, 75 minutos semanais de atividade física de intensidade vigorosa.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Hospital Regional do Leste convoca a população para o Outubro Rosa na a Praça central de Paragominas

O Hospital Regional Público do Leste (HRPL), em Paragominas, nordeste paraense, em parceria com a Prefeitura Municipal, convoca a imprensa para cobertura da segunda fase da campanha do Outubro Rosa (que é uma mobilização mundial no combate ao câncer de mama), nesta quinta-feira, 23, e sexta-feira, 24, a partir das 9h, na Praça Matriz do município, onde será oferecido informações, distribuição de material educativo, laços cor de rosa e esclarecimentos diversos sobre a importância do diagnóstico precoce dessa doença - que ainda mata mais de 30 mulheres por dia no Brasil.

Antecedendo essa ação, o HRPL vem desenvolvendo várias ações desde o dia 20, com palestras e distribuição de material educativo sobre o tema entre colaboradoras e usuárias, além de iluminação cor de rosa na fachada do hospital, que é um dos principais símbolos de adesão ao Outubro Rosa.

Segundo o diretor Executivo do hospital, Adriano de Lima, durante esses dois dias, a equipe multiprofissional do HRPL estará num estande montado na principal Praça da cidade para mostrar a necessidade do autoexame mensal e o exame clínico em mulheres a partir dos 20 anos, exame de mamografia anual em mulheres a partir dos 40 anos, sendo que a primeira mamografia, aos 35 anos. A mobilização também agendar a realização de exame  papanicolau (exame que verifica alterações nas células do colo do útero) e citologia mamaria.

Serviço: O HRPL fica na Rua Adelaide Bernardes, s/n, bairro Nova Conquista, em Paragominas. Mais informações pelos telefones (91) 3739-1046, 3739-1253 e 3739-1102.

HGT leva orientações e serviços sobre câncer de mama à Praça do Povo em Tailândia

A direção do Hospital Geral de Tailândia (HGT), a 349 Km de Belém,  intensificará mobilização do Outubro Rosa, que é dirigida à sociedade e às mulheres sobre a importância da prevenção e do diagnóstico do câncer de mama, com realização de campanha educativa que começou dia 14, e se estenderá hoje, 22, com ações internas, e dia 23, com atividades externas, na Praça do Ginásio de Esporte Werner Krombauer. Em ambos os momentos haverá distribuição de lacinhos cor de rosa que simboliza a luta contra a doença no mundo, folders com orientações sobre o câncer de mama e formas de prevenção, afixação de cartazes, orientações sobre o acesso ao exame de mamografia, entre outros.

Segundo o diretor Executivo do hospital  Marcelo Azevedo, a campanha é em parceria da Prefeitura Municipal de Tailândia. Dentro da programação, às 16h de hoje, colaboradores do HGT estarão participando de caminhada “Outubro Rosa”. A concentração será em frente ao Posto de saúde “Ignácio Koury Gabriel”, percorrendo pelas principais vias da cidade, visando maior engajamento da população nesse movimento de combate ao câncer de mama. “Ninguém trabalha sozinho. A composição de parcerias é fator fundamental para o êxito das ações em favor da saúde pública”, ressaltou, enfatizando que a mobilização tem a importante missão de sensibilizar e  alertar as pessoas em geral sobre a prevenção desta doença, que segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), deve atingir maias de 57 mil mulheres.
Amanhã, 23, às 17h, a equipe multiprofissional do HGT estará desenvolvendo ação de cidadania na Praça do Ginásio de Esporte Werner Krombauer, com palestras e informações repassadas por profissionais da saúde; formas de acesso a esses serviços, junto a Central de Regulação e Ouvidoria do Município de Tailândia; Aferir Glicemia e Pressão do público participante.

“Será uma mutirão que envolverá a equipe do hospital e profissionais de instituições parceiras”, disse Marcelo Azevedo, agradecendo a adesão de todos nesse movimento mundial que surgiu na década de 90,  nos EUA, e hoje é comemorado mundialmente, para dar maior visibilidade e conscientizar a população da prevenção do câncer de mama – uma doença que infelizmente ainda mata mais de 30 mulheres por dia, contando somente os números no Brasil .

Para Marcelo Azevedo, a mobilização vai gerar fortalecimento da parceria com a administração municipal acerca das cotas dos exames de mamografia para o público alvo, o que permitirá um tratamento menos invasivo e uma maior chance de cura do câncer de mama. Ele finalizou reforçando convite, especialmente, da comunidade feminina de Tailândia para participar dessa campanha que visa contribuir para a redução de casos da doença. “Nesta quinta-feira, 23, estaremos na Praça do Povo. Esperando por vocês”.

Responsável pela assistência de baix e média complexidade dos usuários do noroeste paraense, o HGT, melhora a cada dia os serviços oferecidos com a disponibilidade de 56 leitos e com as especialidades de clínica médica, pediatria, cirurgia geral, ginecologia/obstetrícia, ortopedia/traumatologia, radiologia, anestesiologia, oftalmologia, cardiologia e endocrinologia. HGT  dispõe ainda de uma Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) com 10 leitos (adulto e pediátrico)

Os usuários também contam com a realização de exames de mamografia, endoscopia, ultrassom, eletrocardiograma, raio X, exame de laboratório. Outros equipamentos foram adquiridos, como o de vídeoendoscopia, ultrassonografia e eletrocardiograma. 
Serviço: O Hospital Geral de Tailândia fica na Avenida Florianópolis, s/n, no Bairro Novo. Mais informações pelo fone (91) 3752-3121.

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs