quarta-feira, 4 de março de 2015

Charles Guerreiro é apresentado no Paragominas


Foto: Divulgação/Paragominas

Novo comandante do Paragominas, o técnico Charles Guerreiro foi apresentado oficialmente ao elenco nesta terça-feira (3), na Arena Verde.

 A apresentação estava agendada para ontem (2), porém por motivos particulares, teve que ser adiada para hoje.

Charles Guerreiro mal chegou na equipe e não perdeu tempo. O treinador comandou um treino coletivo sem a presença do meio-campista Cristiano Gaúcho, entregue ao departamento médico com dores no joelho direito.

O Paragominas estreia no segundo turno do Campeonato Paraense, no dia 15 de março, contra o São Francisco, no estádio Barbalhão, em Santarém.

Fonte: DOL 

Professor é preso suspeito de matar mulheres e jogar no poço, no PA

Dois corpos foram encontrados no poço dentro do terreno do professor. Vítimas do tinham relação íntima com o professor, segundo a polícia.


Um homem de 51 anos, professor da rede municipal de ensino de Salinópolis, foi preso no vilarejo do km 88 da rodovia BR-010, no município de Aurora do Pará, no nordeste do Pará. Ele é apontado pela polícia como o principal suspeito de assassinar duas mulheres com quem manteve relacionamento e depois jogar os corpos em um poço no sítio de sua propriedade. O professor negou os crimes.
De acordo com o delegado Augusto Damasceno, depois da localização do corpo da primeira mulher desaparecida, na última quinta-feira (26), outras duas denúncias foram feitas à polícia. Ainda segundo o delegado, as vítimas tinham uma relação íntima com o professor. “Com essas novas denúncias, ligamos os fatos e retornamos ao poço, onde encontramos outra ossada de uma mulher”, afirma.A população apelidou o suspeito de 'Maníaco do Poço' e queimou a residência do professor, que havia fugido e abandonado a propriedade.

Uma terceira mulher, que também teria envolvimento com o professor, ainda está desaparecida. Os dois corpos encontrados no poço serão submetidos a exame pericial no Instituto Médico Legal (IML) para confirmação da identidade das vítimas.

Carga de madeira ilegal é apreendida pela PRF em Dom Eliseu, no Pará

Motorista de caminhão apresentou documentos adulterados da carga. Madeira foi embarcada em Ulianópolis e teria como destino o Maranhão.


Motorista de caminhão transportava madeira serrada com documentos adulterados pela BR-010, no sudeste do Pará. (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal)Motorista de caminhão transportava madeira serrada com documentos adulterados pela BR-010, no sudeste do Pará. (Foto: Divulgação/Polícia Rodoviária Federal)
Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam uma carga ilegal de madeira serrada na rodovia BR-010, no município de Dom Eliseu, no sudeste do Pará. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (2).
Segundo a PRF, o flagrante de crime ambiental ocorreu no quilômetro 19 da rodovia, em uma ação de fiscalização. Durante a abordagem, o condutor do caminhão apresentou duas guias florestais e duas notas fiscais emitidas por empresas madeireiras com indícios de adulteração. Após consultar os dados, constatou-se que os documentos estavam vencidos desde o ano passado.
De acordo com a Polícia Rodoviária, o condutor teria afirmado que a carga de 20 metros cúbicos de madeira fora embarcada no município de Ulianópolis e teria como destino a cidade maranhense de Timon.
O caminhão com a carga ficou retido na área do posto da PRF em Dom Eliseu, à disposição dos órgãos ambientais, e o condutor foi encaminhado para a Polícia Civil, onde seria penalizado por crime ambiental e uso de documento falso.

TRE cassa vereadores de Marabá por doações de campanha irregulares


Processo do Ministério Público Eleitoral demonstrou financiamento por empresa impedida de doar. Ainda cabe recurso ao TSE, mas cassação tem efeito imediato

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará cassou os diplomas dos vereadores Nagib Mutran Neto e Julia Ferreira Rosa, eleitos em 2012 para a Câmara Municipal de Marabá (sudeste do estado). Os dois foram denunciados pelo Ministério Público Eleitoral por arrecadação ilícita de recursos e abuso de poder econômico. Eles aceitaram R$ 70 mil em doações irregulares da empresa Sacoplam Empreendimentos, que tinha menos de um ano de constituída, o que é proibido pela lei eleitoral.

“Se fossem permitidas doações por empresas constituídas no ano da eleição, estaria consagrada a burla à lei, pois o limite para uma pessoa jurídica doar (2%) é auferido pelo faturamento bruto no ano-calendário anterior à eleição, declarado à Receita Federal. A pessoa jurídica constituída no ano da eleição não possui faturamento bruto no ano anterior, logo não pode doar. Trata-se de uma obviedade acachapante e não merece maiores considerações”, diz o voto da relatora do caso, Eva do Amaral Coelho. O entendimento dela foi vencedor na corte por 3 votos a 2.

A decisão do TRE, na sessão da última terça-feira (3), tem efeito imediato. Os vereadores ainda tem direito à recorrer ao TSE, mas o efeito da cassação já entra em vigor e a casa legislativa pode iniciar o processo para dar posse aos suplentes. Na mesma sessão, o TRE confirmou ainda a cassação do mandato do prefeito e vice de Concórdia do Pará. O parecer do MP Eleitoral concordava com a cassação dos dois, já condenados por abuso de poder econômico.

Antonio do Nascimento Guimarães (Antonio Maranhense) e o vice Elielton Coradassi, eleitos em 2012, tinham sido cassados pela justiça eleitoral em primeira instância por compra de votos. O TRE já havia determinado a cassação e na sessão do dia 3 confirmou o entendimento e cassou os diplomas dos dois políticos. A medida também tem efeito imediato e o relator, Agnaldo Wellington Corrêa já determinou que o presidente da Câmara Municipal de Concórdia do Pará assuma o poder executivo em caráter interino e convoque novas eleições. 

segunda-feira, 2 de março de 2015

HRPL inova atendimento e reabilita saúde de forma integral na Região do Capim

Sempre em busca de inovações no atendimento e tratamento de seus usuários, a direção do Hospital Regional Público do Leste (HRPL), colocou em prática o projeto “Saúde Integrada”, que institui a alta compartilhada do paciente e, posteriormente, garante assistência dirigida ao capacitar familiares para cuidados pós alta médica, inclusive, com disposição de manual com orientações de cada profissional da equipe multiprofissional, o que vem sendo responsável pela plena reabilitação do usuário, que vai desde o aspecto fisiológico até o apoio emocional, fechando um ciclo de atendimento integral.

A nova proposta de atuação foi aprovada pelo paciente Francisco Alves Gaspar Filho, 24, residente em Paragominas, que ficou internado no HRPL, por 45 dias de intenso tratamento até obter alta médica. Vítima de traumatismo craniano que evoluiu para um hematoma subdural agudo (sangramento craniano), o usuário passou por uma delicada cirurgia craniana, em estado gravíssimo, ele ocupou um dos 20 leitos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Após esse período, devido a atenção da equipe multiprofissional e a disposição de estrutura hospitalar para resolução dos casos mais complexos, houve a constatação de evolução do seu complicado estado de saúde, que apresentava risco de morte, Franscisco Filho, finalmente foi transferido para a Enfermaria neurológica. Com o acompanhamento médico que conseguiu normalizar o quadro clínico, o paciente obteve alta médica programada no dia 21/01.

Hoje, com pouco mais de um mês no convívio de sua família e amigos, ele agradece o atendimento recebido no hospital, que está sediado em Paragominas, e é responsável pelo atendimento de média e alta complexidade para cerca de meio milhão de habitantes de 11 municípios da Região do Capim. Muito agradecida, a irmã do ex-paciente, Ana Lúcia dos Santos Gaspar, 25 anos, credita a reabilitação da saúde de Franscisco ao atendimento especializado oferecido pelo hospital.
“A assistência ao meu irmão Francisco foi excelente tanto nos cuidados, ainda na UTI, quanto da clínica. Não tenho o que reclamar, apenas agradecer. A equipe foi bastante esclarecedora quanto ao quadro clínico e empenhada no treinamento para os cuidados domiciliares. Agradeço a todos os profissionais do hospital, desde a portaria, que foram muito atenciosos comigo, até a  direção”, destacou.

De acordo com o diretor Executivo, Adriano de Lima, a prática desse projeto de atendimento integral é o resultado prático do empenho do corpo funcional do hospital que oferece o que há de melhor no atendimento médico, seguro, de qualidade e humanizado. “Nossos esforço para a melhoria constante são brindados com a recuperação de cada paciente que percebe no HRPL uma nova esperança de qualidade vida. Esses são nossos melhores resultados: a confiança, a satisfação e o bem estar de nossos usuários”, pontuou, informando que a equipe multiprofissional do HRPL é composta por médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos, pedagogos, assistentes sociais e técnicos de enfermagens.

Ele explicou ainda, que a fase pós alta, conta ainda, de acordo com cada caso, retorno de avaliação médica no próprio HRPL, ou na complementação de assistência na esfera municipal, através de parceria instituída entre os Hospitais Regional e Municipal.

O HRPL dispõe de 70 leitos, sendo 20 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto e urgência e emergência, com uma estrutura para atendimento em clínica médica, clínica cirúrgica, neurologia/neurocirurgia e traumatologia/ortopedia e suporte de anestesia, bem como consultas ambulatoriais em cardiologia, endocrinologia, mastologia, clínica cirúrgica, clínica médica, neurologia/neurocirurgia, ginecologia, urologia/oncologia e traumatologia/ortopedia.
Os serviços têm suporte de apoio diagnóstico e terapêutico com análises clínicas, raios-x, tomografia, ultrassonografia, holter, eletroencefalograma, eletrocardiograma, ecocardiograma e Mapa, além de equipe multiprofissional com fisioterapeutas, nutricionistas, assistentes sociais e psicóloga.

Serviço: O Hospital Regional do Leste fica na Rua Adelaide Bernardes, s/n, no bairro Nova Conquista, em Paragominas. Mais informações pelos telefones (91) 3739-1046 / 3739-1253 / 3739-1102.

sábado, 28 de fevereiro de 2015

Paysandu vence fora e elimina o Paragominas do 1º turno

Gols de Yago e Jhonnatan colocaram o Papão na 3ª posição do grupo A2 do Parazão

Por: Redação ORM News

Mesmo eliminado da primeira fase do Parazão, o Paysandu tinha a missão de ir até Paragominas enfrentar os donos da casa, que ainda lutavam por classificação. No primeiro jogo após a saída de Sidney Moraes, o Papão fez bonito, venceu o jogo por 2 a 1 e , de quebra, eliminou o adversário.
Todos os gols saíram no primeiro tempo, e foi o Paragominas quem inaugurou as bolas na rede, com o atacante Bruno Maranhão, de fora da área. A virada do Papão veio com tempero bem regional, com dois atletas da terra, Yago Pikachu e Jhonnatan.
Com a vitória, o Paysandu termina o primeiro turno na terceira colocação do grupo A2, com seis pontos conquistados. Já o Paragominas perdeu a chance e classificação, caindo para a quarta posição.
As duas equipes só voltam a entrar em campo no Campeonato Paraense no dia 15 de março, na abertura da Taça Estado do Pará. Antes disso o Papão tem compromisso pela Copa Verde, no próximo dia 7, pela Copa Verde, contra o Nacional-AM, em Belém.
1ºTempo: Pikachu e Jhonnatan brilham - Jogando fora de casa e sem ambição no primeiro turno do Campeonato Paraense, o Paysandu entrou em campo como um típico visitante, atuando em esquema com três volantes e esperando o Paragominas tomar iniciativa de jogo.
O PFC, em esquema ofensivo, com Buiú e Aleílson abertos, com o passar do tempo foi dando trabalho para a marcação do Papão, em cruzamentos ou chutes de longe. E foi um chute de longe que a rede balançou. Aos 14 minutos, Bruno Maranhão bateu no canto de Andrey, que caiu, mas não conseguiu defender. 1 a 0.
O gol serviu com uma balde com água no rosto do sonolento Paysandu. O time acordou e passou a dar as cartas no setor de meio de campo, tendo em Carlinhos a figura mais participativa. Mas quem garantiu o empate foi o personagem de sempre. Yago Pikachu, no seu melhor estilo, vindo de trás, mandou um foguete na diagonal, que foi morrer no canto de Maicky Douglas. 1 a 1.
O empate só deu moral para a equipe comandava pelo interino Rogerinho Gameleira, que viu a sua equipe marcar mais um, chegando a virada, novamente em lance pela direita que começou com Pikachu, chegando aos pés de Jhonnatan, que invadiu a área e só teve o trabalho de tocar para dentro. 2 a 1.
No fim, Paragominas e Paysandu alternaram bons momentos para chegarem aos gols, mas o empate foi mantido até o apito final dos primeiros 45 minutos do árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva. 
2ºTempo: Papão segura e elimina o PFC - Na etapa final, o Paragominas foi para cima, precisando fazer gols para ainda manter viva a chance de avançar no Parazão. O técnico Fran Costa, de cara, colocou mais um meia no time, dando maior mobilidade ofensiva ao time.
O Paysandu, entretanto, era inteligente, jogando sem riscos e aproveitando os contra-ataques para assustar o goleiro Maicky Douglas, bastante acionado ao longo da segunda etapa, mas sempre com reflexo e sorte para não deixar a bola entrar ou contar com a falta de pontaria do Papão.
Quando o Paragominas estava perto de chegar ao gol de empate, armando blitz na defesa listrada, o zagueiro Douglas cometeu falta dura em Aylon, recebendo o segundo cartão amarelo e deixando o gramado. O Paysandu aproveitou para equilibrar a partida e criar outras boas chances para marcar. A melhor veio com o próprio Aylon, que recebeu livre dentro da área, bateu no canto, mas Maicky Douglas esticou a perna e defendeu.

Com o jogo controlado, Augusto Recife também cometeu falta que lhe rendeu o segundo cartão amarelo, deixando os dois times com 10 jogadores, mas o Paragominas não teve força e perna para correr, vencer o jogo e se classificar

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs