sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Oficiais do CIPAS fazem visita técnica ao FASPM

Os novos oficiais psicólogos, assistentes sociais, farmacêuticos, terapeutas ocupacionais lotados no Centro Integrado de Psicologia e Assistência Social (CIPAS), realizaram na manhã da última quarta-feira, 27 de agosto de 2014, visita técnica no Fundo de Assistência Social da Policia Militar do Pará (FASPM) com objetivo de conhecer melhor os serviços e benefícios ofertados aos associados/contribuintes e seus dependentes.
A programação de visita técnica contou também com a presença da Tenente Coronel PM Jesiane – Chefe do CIPAS, Tenente Coronel Barbosa – Subdiretor do FASPM, Tenente Coronel PM Sandra Monteiro – Chefe do Social do FASPM e Major PM Marion. A coronel QCOPM Neyla Regina Bahia Vieira da Silva apresentou aos novos oficiais as dependências do FASPM tais como a FARMACESO, Loja de Artigos Militares do FASPM, sessões de Serviço Social; Jurídico; Material e Expediente; Administrativo-Financeiro; Planejamento Orçamentário, Financeiro e Contabilidade e Serviços Reembolsáveis e um vídeo institucional com todos os benefícios ofertados pelo FASPM aos policias militares associados e seus dependentes.
Na ocasião do dia 27 – Dia do Psicólogo – a diretora executiva do Fundo de Assistência Social da Polícia Militar apresentou um vídeo motivacional e prestou uma homenagem para os novos oficiais psicólogos, além da Tenente Coronel QCOPM Jeisiane e 3ª Sargento PM Ana Santos.  “Antes de ingressarmos na Polícia Militar fizemos um juramento em relação a nossa formação profissional, logo depois, juramento de sermos bons oficiais na certeza de melhor cuidar e assistir os policiais militares. Em vinte anos de atendimentos na área psicossocial aos milicianos sempre procurei ofertar meu melhor, principalmente em meus atendimentos. Essa é a mensagem que deixo a todos. Pois o serviço psicossocial é de fundamental importância para nossa respeitada Instituição”, disse a diretora do FASPM, também psicóloga.
No final da visita técnica ao FASPM, os Tenentes PM’s Luana Maria Lima Alves; Renata Cardoso Folha; Gabriela Muniz Felix; Ana Carolina Leopoldino; Henrique Moura Monteiro; Patrícia Brandão Ribeiro, Maria de Lourdes Leite Guimarães, Fernando Viana da Silva e Gabriela Muniz Félix Araújo se associaram ao Fundo de Assistência Social da Polícia Militar e se comprometeram para serem agentes multiplicadores dos benefícios e serviços ofertados aos associados/contribuintes e seus dependentes.

Texto e Fotos: Bruno Nascimento
(091) 99670951

Projeto Nascer e Crescer recebe palestra sobre planejamento familiar

Nesta segunda-feira, 1º de setembro, será promovida a palestra sobre planejamento familiar, ministrada pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde – SEMS. O objetivo é orientar as mães sobre métodos contraceptivos que podem usados por elas futuramente. A palestra será realizada, às 14h 30, no Centro de Referência de Assistência Social – CRAS do bairro Jaderlândia, onde estão sendo desenvolvidas as atividades da iniciativa.

PTTS – Morada dos Ventos promove palestras de esclarecimento aos moradores
Nos dias 2 e 3 de setembro, o Projeto de Trabalho Técnico Social (PTTS)  - Morada dos ventos, promoverá duas palestras de esclarecimento aos moradores do Residencial morada dos Ventos. A palestra sobre o Programa Minha Casa Minha Vida, condições contratuais e adimplência será ministrada, às 18h, na quadra 8. A mesma palestra será ministrada, no dia 3, na quadra 30. Já a palestra a utilização dos imóveis será promovida no dia 2. Em ambos os dias também serão esclarecidas algumas questões do Programa Bolsa Família.

Paragominas recebe a Campanha do Sub-registro

Certidão de Nascimento, CPF, Carteira de Trabalho são documentos necessários para o ingresso do cidadão ao escola, emprego, entre outros. Por isso, de 2 a 4 de setembro, será promovida, em Paragominas, a ação da Campanha de Sub-resgistro, da Secretaria de Estado de Assistência Social – SEAS, com a finalidade oportunizar a população a emissão de documentos. A ação será realizada em parceria das Secretarias Municipais de Assistência Social – SEMAS, de Saúde – SEMS e de Educação – SEMEC.

A ação será promovida, primeiramente, na comunidade rural Caip, nos dias 2 e 3, onde se concentrará, na Escola Municipal Raimundo Expedito Bragança. Na comunidade, a SEMAS também atuará por meio do Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, que realizará o primeiro atendimento ao público, e por meio do Cadastro Único – CADUNICO, em que será feito o cadastramento das famílias, consultas e outros serviços. Já no dia 4, a ação será promovida no Centro de Convivência Socorro Gabriel, na SEMAS. No primeiro dia, a ação será promovida a partir das 14h, enquanto que nos dias seguintes será realizada, das 8h às 12h.

Confira os documentos que serão emitidos e o que é necessário para tira-los:

Para a 1ª via da Certidão de Nascimento: São necessários a Declaração de Nascido Vivo (Criança até 11 anos) e originais e cópias dos documentos dos pais. O registro deve ser feito pelo pai, e se não houver pai, a mãe pode registra somente no nome dela. No caso de pais adolescentes, o resgistro deve ser acompanhado pelos responsáveis legais dos mesmos.

Para a 2ª via da Certidão de Nascimento: São necessárias a Certidão antiga e a carteira de identidade.

Para a 1ª via da Certidão de Óbito: São necessários a declaração de óbito, Certidão de Nascimento ou Casamento, RG, CPF, Título de Eleitor e Carteira de Trabalho. Caso o falecimento seja de criança ou adolescente são necessários a Certidão de Nascimento e RG dos mesmos.

Para a 2ª via da Certidão de Óbito: É necessário a cópia da Certidão de Óbito

Para a 1ª via da Carteira de Trabalho: O documento será emitido para pessoas acima dos 16 anos de idade e é necessário uma foto 3x4 e a original do RG ou Certidão de Nascimento.

O CPF para pessoas até os 17 anos de idade: É necessário original do RG ou Certidão de Nascimento.

O CPF para pessoas apartir dos 18 anos de idade: É necessário as originais do Titulo de Eleitor e RG ou Certidão de Nascimento.

Polícia Civil desmonta esquema de desvio de dinheiro de aposentados em Ourém

A Polícia Civil desmontou um esquema criminoso de apropriação indevida de dinheiro de aposentados referente ao programa Bolsa Família, no município de Ourém, nordeste paraense. Sob comando do delegado Edgar Henrique Monteiro, as investigações chegaram até o suspeito do crime. Na casa dele, foram apreendidos mais de vinte cartões bancários, comprovantes de saques e documentos de aposentados. A operação policial foi realizada, na tarde de quarta-feira, 27, após a decretação de mandado de busca e apreensão na residência do suspeito pelo juiz de Direito, Omar José Miranda Cherpinski, da Comarca Judiciária de Ourém.
O suspeito de cometer o crime é Antônio Fernandes Farias, conhecido pelo apelido de "Abençoado". Conforme o delegado, três idosos acusaram Antônio Farias de ter se apropriado de parte do dinheiro de suas aposentadoria e de contrair empréstimos em nome das vítimas sem autorização dos titulares das aposentadorias. Eles registraram boletim de ocorrência na Unidade Integrada de Polícia de Ourém, que deu início às investigações.
A Polícia Civil apurou que Antônio Farias, aproveitando da idade avançada, da dificuldade de locomoção e da baixa instrução dos aposentados, procurou-os, na zona rural do município, para lhes oferecer seus supostos serviços. Ele dizia aos aposentados que iria ajudá-los a sacar o dinheiro referente ao programa Bolsa Família, do Governo Federal. Após conquistar a confiança das vítimas, ele cobrava de cada aposentado o valor de R$ 7 e mais R$ 5 sobre o benefício do Bolsa Família para fazer o serviço.
Porém, após fazer os saques com os cartões dos idosos, Antônio Farias repassava às vítimas somente uma pequena parte do dinheiro sacado. "Ele alegava ter sido creditado apenas aquele valor", apurou o delegado. Após as denúncias, a Polícia Civil pediu mandado de busca e apreensão à Justiça para fazer uma revista na casa do suspeito, onde recuperou os cartões de outras pessoas, possivelmente, mais vítimas do golpe. "Nenhum dos documentos apreendidos pertence às três vítimas que denunciaram o suspeito", detalha. As investigações já mostraram que o suspeito realizava saques de uma aposentada falecida em 2009. 
Em depoimento, o suspeito relatou que, todo mês, realizava saques para em torno de 80 aposentados, moradores na Vila Arraial do Caeté, na zona rural de Ourém. Ele, no entanto, negou ter se apropriado das aposentadorias das vítimas e de ter contraído empréstimos sem autorização dos aposentados. Antônio Farias é investigado pelos crimes de falsidade ideológica, estelionato e apropriação indébita. A Polícia Civil prosseguirá as investigações sobre o golpe contra os três idosos. Com relação à fraude no Bolsa Família, o caso será encaminhado à Polícia Federal para apuração.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Hello Kitty é uma menina e não uma gata

Hello Kitty é uma menina e não uma gata (Foto: Divulgação)
Assunto foi um dos mais comentados nesta quarta-feira (27). (Foto: Divulgação)


Um dos assuntos mais comentados nas redes sociais nesta quarta-feira (27), foi a revelação sobre a natureza da famosa personagem Hello Kitty. 

Em entrevista para o jornal "Los Angeles Times", a antropóloga Christine R. Yano, curadora de uma exposição sobre a personagem no museu nipo-americano de Los Angeles, disse que Hello Kitty é uma garota. "A Sanrio [empresa responsável pela personagem] me disse que Hello Kitty não é uma gata. Ela é um personagem de desenho, e é uma garotinha. Ela é amiga, mas não um gato. Uma razão é porque ela nunca está de quatro. Ela anda e senta como uma criatura bípede. E ela até tem um gato de estimação, o Charmmy Kitty", comentou.

A polêmica acerca do assunto foi tanta, que a hashtag #HelloKitty chegou a entrar na lista dos Trending - lista de assuntos mais comentados no Twitter -, até o final desta noite.

(Foto: Reprodução/Twitter)

Criada pelo designer japonês Yuko Shimizu, em 1974, Kitty ("gatinho", em inglês) ganhou fama mundial por meio de desenhos animados, jogos e acessórios voltados ao público feminino.

(DOL)

Paragominas se destaca na inclusão de alunos com deficiência visual

Hoje 17 escolas municipais possuem Salas de Recursos Multifuncionais (SEM), especializadas em atender alunos com deficiência, da auditiva á intelectual. Hoje oito professores fazem o Atendimento Educacional Especializado, cindo professores interpretes para alunos surdos quatro na zona urbana e um na rural e quatro cuidadores.

As salas são espaços físicos que estão dentro das escolas publicas onde acontece o Atendimento Educacional Especializado (AEE), pela lei o aluno deverá ser atendido uma vez por semana, por duas horas de aula ou duas aulas de uma hora cada, duas vezes por semana.

As SRMF possuem imobiliário, materiais didáticos e pedagógicos, recursos de acessibilidade e equipamentos específicos para o atendimento dos alunos que são público alvo da Educação Especial e necessitam da AEE (atendimento educacional atualizado), no contra turno escolar.

São atendidos hoje na Rede Pública Municipal de Ensino seis alunos cegos e 18 surdos sendo que, o aluno com deficiência auditiva assiste á aula regular e o professor intérprete faz a comunicação ou por gestos ou em Libras, quando o aluno já é alfabetizado. Gostaria de ressaltar que todo o aluno com deficiência faz o Atendimento Educacional Atualizado, que é realizado nas salas multifuncionais, a alfabetização acontece lá. Quando o aluno surdo ainda não sabe a Língua Brasileira dos Sinais. Assim acontece com o aluno cego, que aprende a ler e escrever em Braille. A prefeitura oferta ferramentas de ensino de qualidade e capacitação para os professores, e para os seus alunos com deficiência transporte escolar adaptado, cuidadores, professores intérpretes em Libras e monitores para acompanhar alunos autistas.


Portal da prefeitura de Paragominas

Siga o ParagoNews

Minha lista de blogs